Ontem a noite quando olhei para o céu notei a presença de uma estrela diferente. Era uma estrela que nunca tinha visto outra igual. Ela era toda saltitante, ficava brincando com as outras estrelas e cantarolando, até podia ouvir bem de longe Arrastão de Elis Regina. Sem contar que ela tinha um brilho único, era a estrela mais cintilante do céu. E alguns contam que essa estrela era apaixonada pela vida, que já tinha vivido histórias que nem uma mulher de 100 anos havia vivido, e sempre histórias tristes, mas ela nunca foi cadente, sempre segurou firme e lutou até o último suspiro.
Tinha um ar de menina sapeca, daquelas de enfiar a cara no bolo de aniversario da amiguinha e sair correndo. E o coração de uma mulher vivida, quantas lembranças boas e ruins, quantos momentos vividos com amor e quantas personagens que essa menina já viveu, seja na vida ou no palco, que era o local onde se sentia melhor, seu sonho era viver uma personagem Rodrigueana, mal sabia ela que várias Sônias, Alaides, Virgínias, Dona Flávias, Madames Clessis, Silenes e tantas outras viviam no seu íntimo e sua vida nada mais era que uma tragédia Rodrigueana. Ficou até conhecida como a mulher da mala, daquelas histórias que achamos que só existem em jornais sensacionalistas ou em textos teatrais contemporâneos. E quando vivemos uma história dessas dói muito, pois a realidade cala e sangra. Sangra pela vida que essa menina buscava. Estava prestes a realizar sonhos de toda uma vida e uma forte tempestade veio e afogou esses sonhos. Mas tenho certeza que não acabou não é a toa que ela está se destacando entre as outras estrelas, ela tem muitas outras histórias para contar, e seu lema era a alegria, alegrar a vida de todos a sua volta, e mesmo lá de cima suas lembranças irão tomar conta do nosso ser e nos trazer alegria. Como sempre trouxe.
Descanse em paz minha pimentinha...


Escrito por Tiago Junqueira às 12h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, BIRIGUI, BOSQUE DA SAUDE, Homem, de 26 a 35 anos, Arte e cultura, Música
Histórico
Outros sites
  Tiago Junqueira
  Os Hedonistas Grupo de Teatro
  É simples ser complicado
  Barbara Teodósio
  Zizi Possi
  Os Satyros
  Ivam Cabral
  Alberto Guzik
  Rodolfo García Vázquez
  Cléo de Paris
  Laerte Késsimos
  Prefiro Whisky
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?